O Homem Binário

 

O homem binário e outras memórias da senhora Bertha Kowalski é o 3º romance de Eduardo Mahon e, segundo ele mesmo, encerra um ciclo de questionamentos existenciais. No primeiro romance, "O cambista", o autor trata da intimidade. No segundo, "O fantástico encontro de Paul Zimmermann", da identidade. Agora, com O homem binário, Mahon vai perseguir o sentido profundo do significado da humanidade. Se um ser humano pode ser chamado de desumano, poderá a máquina ter alguma humanidade? O livro é uma contribuição à literatura que sempre alertou para os perigos da tecnologia.

É carioca, mora em Cuiabá. Escritor e dramaturgo, publicou pela Carlini & Caniato Editorial vários livros, entre os quais destacam-se os romances Alegria, A gente era obrigada a ser feliz e Mea Culpa. Dedica-se a editar e revista literária Pixé, um empreendimento que reúne escritores e artistas plásticos de todo o Brasil. É mestre e doutorando em Estudos Literários.. Obras do autor, pela Carlini & Caniato: Nevralgias / Doutor Funéreo e outros contos de morte / O cambista / Meia palavra vasta / Palavra de amolar / Palavrazia / O fantástico encontro de Paul Zimmermann / Contos estranhos (Weird tales) / Quem quer ser assim sem querer? / Um certo cansaço do mundo / O homem binário e outras memórias da senhora Bertha Kowalski / Alegria / Azul de fevereiro / A gente era obrigada a ser feliz / Mea culpa / Paraíso em fuga /Galileu dançou por muito menos / Inclassificáveis/ Resumo da ópera.

Autor

Eduardo Mahon

Ficha técnica:

Dimensões: 13,8 x 20,8

Páginas: 240

Acabamento: Brochura

Peso: 0.295 kg

Ano de publicação: 2018

ISBN: 978-85-8009-207-3

Preço: 45,90 R$

© 2021 Editora TantaTinta Ltda.

 Rua Nossa Senhora de Santana, 139 – sala 3 – Edifício Acará
Centro Sul – Cuiabá – Mato Grosso. CEP.: 78020-122
contato@tantatinta.com.br – 
Telefones: (65) 3023-5714 / 5715

Carlini&Caniato Editorial

  • whatsapp-Cinza
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza

Leia:

Pixé Logo.png

Desenvolvido por © Victor Hugo Angels