© 2020 Editora TantaTinta Ltda.

 Rua Nossa Senhora de Santana, 139 – sala 3 – Edifício Acará
Centro Sul – Cuiabá – Mato Grosso. CEP.: 78020-122
contato@tantatinta.com.br – 
Telefones: (65) 3023-5714 / 5715

Carlini&Caniato Editorial

  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza

Desenvolvido por © Victor Hugo Machado dos Anjos

Festa

 

 

Aclyse Mattos, apresenta uma poesia cheia dos namoros com a música. Rimas e ritmos juntam-se a um vocabulário cuiabano e de alguns povos indígenas. Festa tem de tudo um pouco. Até o registro de que um famoso antropólogo esteve por Mato Grosso. Tem também a homenagem aos comparsas do verso: Ivens Scaff, Antonio Sodré e, novamente, Silva Freire. Aclyse nos brinda com uma poesia inventiva, musical, telúrica e que faz uma espécie de crônica da vida de Cuiabá.

Aclyse Mattos nasceu em Cuiabá, dias antes da cheia de 59 que inundou o Porto. Poeta nas horas cheias e professor nas horas vagas. Além de Cuiabá, morou também no Rio de Janeiro e São Paulo. Professor do Departamento de Comunicação da UFMT, mestre pela ECA-USP e doutorando pela UFMG. Festa é o livro em que celebra a musicalidade da poesia. Seus outros livros de poemas são Assalto à mão amada (1985), Papel Picado (1987), Quem muito olha a lua fica louco (2000). Também escreve contos (O Sexofonista, 1986), literatura para crianças (Natal Tropical, 1990), letras de música e roteiros. Participou de diversas revistas e antologias nacionais e internacionais de poesia.

Autor

Aclyse Mattos

Ficha técnica:

Dimensões: 13,8 x 20,8

Páginas: 80

Acabamento: Brochura

Peso: 0.136 kg

Ano de publicação: 2012

ISBN: 978-85-8009-049-9

Preço: 20,00 R$