Carrinho

0 item - R$0.00

Livro que reúne crônicas publicadas em jornal mato-grossense será lançado na Casa do Parque

CAPA Aprovada 15,8 x23 Carlini & Caniato TERRA BRASILIS.indd

O lançamento do livro “Encantados da Terra Brasilis”, dos autores Anna Maria Ribeiro Costa e Rosemar Coenga, já tem data marcada. O evento acontecerá no dia 21 de março, às 19h, na Casa do Parque. A obra é uma coletânea de crônicas publicadas no jornal Circuito Mato Grosso ao longo dos anos.

Os textos de Anna Maria surgiram da necessidade da autora de mostrar a pluralidade brasileira. “Meus textos dão ênfase nas populações indígenas que atualmente habitam Mato Grosso, com a função de contribuir para diminuir o preconceito que envolve a pessoa do índio. Cada crônica vem envolta em ensinamentos apreendidos durante o tempo que vivi entre as etnias Nambiquara e Potiguara e dos estudos desenvolvidos no âmbito da Fundação Nacional do Índio, como pesquisadora”, explicou.

Já Rosemar Coenga foca em seus textos diversos aspectos da literatura, com foco especial na poesia. O autor “flerta” em seus artigos com as obras de grandes nomes da poesia nacional e internacional, esmiuçando de forma didática os meandros de cada uma delas, contextualizando com personalidade e trazendo sua essência através do texto

convite-encantados

“Encantados da Terra Brasilis” é o nono livro contemplado no edital de incentivo à cultura da Prefeitura de Cuiabá, Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer e Fundo Municipal de Cultura. lançado em 2015, o edital investiu R$ 144 mil em projetos de literatura. A previsão é de que outro seja aberto ainda este ano para que novos projetos sejam desenvolvidos em 2017.

Sobre o livro, o professor doutor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Aloir Pacini, escreveu: “Trata-se de um material valioso, uma leitura agradável para quem deseja fazer uma viagem pela originalidade de temáticas trabalhadas com grande sensibilidade. A beleza do trabalho tem a ver com a pessoa que está por trás das intuições semanais que vêm atraindo um público que encontra uma reflexão pertinente e salutar”.

Já a doutoranda na Universidade de Brasília (UnB), Rosana Campos, notou: “Nos textos aqui selecionados, há uma maneira toda própria de nos trazer aquilo que é do interesse dos autores. Cada qual, na sua vertente ora mais ‘Encantada’ ora mais ‘Terra Brasilis’, acomoda de forma bastante consciente o encontro que teve com um livro ou com a cultura dos povos indígenas. Claro que é preciso considerar também que ambos, mesmo nas diferenças presentes nos caminhos de escrita, são igualmente densos nas apreciações que fazem”.

Sobre os autores

Rosemar Eurico Coenga

rosemar-orelha-pq

Rosemar Eurico Coenga é doutor em Teoria Literária e Literaturas, pela Universidade de Brasília (UnB); e mestre em Educação, pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Autor das obras: Nos labirintos da memória (2004); Leitura e Literatura Infantojuvenil: redes de sentido (2010); Leitura e letramento literário: diálogos (2010); A leitura em cena: literatura infanto-juvenil, autores e livros (2010); As interfaces da velhice na pós-modernidade: avanços e desafios na conquista da qualidade de vida (2014); Literatura infantojuvenil e leitura: questões, reflexões, experiências (2014) e Literatura infantojuvenil e leitura: novas dimensões e configurações (2014). Docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino Universidade de Cuiabá (UNIC). Docente da rede pública de ensino.

Anna Maria Ribeiro F. M. da Costa

anna-maria-orelha-pq

Anna Maria Ribeiro F. M. da Costa é doutora em História, com pós-doutoramento no Programa de Estudos Pós-graduados em Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Como pesquisadora da Funai, conviveu com os Nambiquara e colaborou com a criação do Centro Cultural Ikuiapá/Museu do Índio. É professora do Univag Centro Universitário de Várzea Grande, membro do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso e do Clube Filatélico, Numismático e afins de Cuiabá.

Publicou os livros Wanintesu: um construtor do mundo Nambiquara (2010), O homem algodão: uma etno-história Nambiquara (2009), Além do artefato: cultura material e imaterial (2009), Hatisu Nambiquara: lembranças que viraram histórias (2005); Senhores da memória: uma etno-história do Nambiquara do Cerrado (2002), Cultura material Potiguara, em coautoria com José Eduardo F. M. da Costa (1988). Organizou o livro Desidério Aytai e a etnografia Nambiquara (2012) e, com Paulo Pitaluta Costa e Silva, Estudo bibliográfico da História, Geografia e Etnografia de Mato Grosso (2012).

Serviço

Lançamento do livro “Encantados da Terra Brasilis”

Data: Terça-feira, 21 de março

Local: Casa do Parque

Horário: 19h

Endereço: Rua Mal. Severiano de Queirós, 455, Bairro Duque de Caxias, Cuiabá – MT.

Mais informações

Para saber mais sobre os livros, lançamentos e novidades da Carlin & Caniato Editorial/ TantaTinta, basta seguir nossa página no facebook clicando AQUI. Você também pode acessar o site da editora no endereço: www.carliniecaniato.com.br.

Rua Nossa Senhora de Santana, 139 – sala 3 – Edifício Acará
Bairro Goiabeira – Cuiabá – Mato Grosso
CEP.: 78020-122
Tel.: 65 3023-5714

Leave a Reply

*